Desabafos, Escritos, Fábia Silvestre, Poemas

Se fosse possível

Se fosse possível
Desconhecer
Não conhecer
Não reconhecer
Deslembrar
Esquecer
Apagar
Anular
Retroceder para não encontrar

Desencontrar.

Se fosse possível voltar o tempo para não sentir
Desapetecer
Desconvidar
Não aceitar
Recusar
Dizer não
Rejeitar
Negar

Se fosse possível me desenganar
Não amar
Desencantar.

Se fosse possível não ter sido
Penso de um coração ferido
Distração para um mal sofrido

Se fosse possível
Recuperar o tempo perdido
Evitar, do passado, o perigo
Do sofrimento vivido.

Se fosse possível
Não ser descartável
Como objeto
Consumível, não reciclável.

Se fosse possível regressar
E desfazer
Fazer desacontecer
Fazer saber
Que para se curar
Não é preciso ferir
Para se curar
Basta seguir…
Viver
Continuar.

Para superar a dor
Não é preciso infringir dor
Fingir amor
Mentir: brincar

Se fosse possível
Desdesejar
Não repetir
Não me acostumar.

Ah, se eu pudesse
Deslembrar
Desacreditar
Decidir não aceitar
Esquecer,
Desamar
E enfim, desexistir.

Fábia

Récita:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s